16 dezembro 2011

Resenha: Lobo Alfa - Helena Gomes

Tive a alegria de conhecer a autora do livro, Helena Gomes. Ela foi no meu colégio e pude conversar com ela sobre escrita e tudo o mais. Porém, isso foi antes de eu ler qualquer livro dela, o que me deixa muito triste por não poder falar pessoalmente minhas impressões sobre esse livro.

O primeiro ponto importante pra ressaltar: Santos aparece na história. E como eu sou de Santos, foi maravilhoso imaginar todos aqueles personagens em lugares que eu realmente conheço. Além disso, adoro como ela critica os americanos e sua geografia falha (por exemplo, brasileiros falam espanhol e Buenos Aires é no Brasil).

Mas, sobre o livro, quando comecei a ler não estava dando tanto pela história. Lobisomens, grande coisa, tem muito disso por aí. Só que, de repente, Helena mexe o tapete e nós tropeçamos em um pequeno mistério; depois, quando você acha que já está tudo certo e vai ser aquilo mesmo, ela coloca outra coisa na nossa frente e nós quase caímos. Ela adiciona obstáculos e mais obstáculos e nós ficamos nessa montanha-russa de místério e resolução até um ponto em que eu pensei “pronto, agora acabou né?”.

Não tinha acabado.


Isso é muito bom, porque prende o leitor e faz com que ele queira engolir o livro, no seu desespero em saber o que raios está acontecendo.

Além do ritmo eletrizante, Helena criou personagens super carismáticos e nos faz sentir a repulsa, a simpatia, a dúvida e todos os outros sentimentos possíveis para com eles (além de puxar o tapete em alguns personagens, também; um em particular deu um puxão tão forte que eu caí de boca).

E tem toda a parte fantástica, que foi muito bem desenvolvida. Sai do clichê e tem um fundamento muito bom, sem ser absurdo ou manchar a imagem dos lobos originais, por exemplo.

A pesquisa dela foi realmente boa. Não podia ser diferente, já que ela me disse pessoalmente que pesquisava para escrever e que isso é uma parte importante da criação.

O livro é muito bom, tem comédia, leve romance (pode-se dizer sem nada de melodrama, bem realista e sobre determinado casal é até quente), muita ação, sangue na dose certa (a descrição do legista sobre os cadáveres é incrível e nauseante), mitologia e todo o resto.

Recomendo para quem gosta de histórias fantásticas e queira, também, prestigiar autores brasileiros.

Comente com o Facebook:

2 comentários:

  1. Oi Le, tudo bem? Acabei de ler esse livro e amei, vir sua resenha no Skoob e é por isso que estou aqui, parabéns pela resenha bem escrita e por contar perfeitamente o que ser passa na estória sem dar nenhum spoiler. Queria ter conhecido a autora assim como você conheceu :( . Bom amei o livro, só fiquei confuso com esse final, dar para ter uma continuação, você não acha? . Bjs -Vinicus Alves- Fortaleza das Letras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Vinicius, como vai? Muito obrigada pela visita ao blog, primeiramente. E fico feliz que tenha gostado da resenha, significa muito. O livro é muito bom, não é? Então, tem uma continuação sim, chama-se Código Criatura (ainda não li, mas pretendo ler logo). Bjs

      Excluir

Obrigada pela visita! Deixe um comentário dizendo o que achou! :)