27 agosto 2012

As Bolhas



Sigo uma filosofia de olhar todos como neutros. Cada dia, as pessoas são uma coisa. De vez em quando, bolhas de sabão. Outras vezes, são todos bonecos de papelão.

Não importa a figura do dia, todos são idênticos à minha frente.

Não os vejo assim porque penso em um mundo massificado onde todos são iguais, dominados e alienados. Nada disso. Mesmo porque, de qualquer forma, já vivemos mais ou menos assim.

Os vejo como bolhas de sabão porque sei que é o certo a se fazer. Enquanto não conhecer a pessoa, ela é uma bolha. Dentro há uma infinidade de curiosidades para se descobrir. Quando a bolha estoura descubro o nome e, depois, a pessoa em si. Como ela é, o que pensa, o que gosta.

E, ainda assim, mesmo depois de a bolha estourar, tenho em mente que todos fomos bolhas. Eu era a bolha dele, ele a minha, nós dois a sua.

Escolhi bolhas porque elas são simplesmente redondas, de sabão e ar, e flutuam por aí, iguais, livres. Mas todas têm um brilho especial ao sol e um quê de diversão... Quem não gosta de ser criança e correr atrás de bolhas para estourá-las?

Então, eu ajo como criança. Vou estourar bolhas. E espero que me estourem.

Nem ligo de ser bolha, como todos. Melhor ser uma bolha livre para voar e estourar nos dedos de alguém do que trancar-se em uma e fingir que o mundo não é feito de sabão.

Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Adorei o seu textinho, pretendo continuar acompanhando o blog! Beijos e muita criatividade! :)

    ResponderExcluir
  2. Maravilhosa metáfora. Eu sou uma bolha *u* UHASUHSAS' A cada dia te estouro um pouquinho, posso te estourar mais Lets? Simples, objetivo e concreto. Amei o texto, aliás eu adoro esse seu jeitinho de abordar a vida e suas minúcias. Ansiosa pelo próximo. E sabe, com esse texto seu, eu acabei de perceber que bolhas são maravilhosas e bem, acho que todos nós sendo bolhas deveríamos enxergar mais as nossas maravilhas como milagres, e não ter medo de nos deixar estourar. Afinal, não deve doer tanto. Um beijo :*

    ResponderExcluir
  3. Amanda Marganelli28/08/2012 23:57

    adorei o texto letícia, esta de parabens!!

    ResponderExcluir
  4. somos bolhas, como eu tinha dito pra vc na faculdade. concordo com vc quando diz que somos bolhas e tivemos prova disso né eahuaehuaehuae :]

    ResponderExcluir
  5. Antoniaaa aqui novamente shaushaus Também vou estouras bolhas e quero me estourem Lê AUSHAUSHAUSHAU Adoreeeeeei *-*

    ResponderExcluir
  6. Oh vejo que o sangue não nega a cronista que há em vc, parabens!!!(thaisi Lima)

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe um comentário dizendo o que achou! :)