12 maio 2013

Uma Crônica Para Você

Uma mesa cheia de mães e filhos almoçando juntos, felizes. E há um clima de amor e gratidão. Qual será o melhor presente para sua mãe?

Eu não tenho muito dinheiro, sabe? Mas, se eu tivesse, provavelmente compraria uma linda casa para vivermos como nesta tarde, todos os dias. Não sou escultora, minhas habilidades artesanais não andam em alta... tampouco musicista para compor uma canção... então, sei que não parece muita coisa, mas o melhor que posso fazer é dedicar uma crônica à você, mãe... mães, porque tenho várias.

Eu sentei em meu quarto, escondida, refletindo para escrever isto... algumas frases foram um pouco difíceis de vir à tona, mas a vista da janela... o sol brilhando sobre o mar, a areia e o verde do jardim, os pássaros cantando... foram gentis para minha criação e acho que são pessoas como vocês que fazem tudo isso mais belo.

É você também que lê minhas histórias, observa a cor dos meus olhos (como nesta manhã), e aguenta meus vários ataques de conversas malucas ou doidices. Você que ajuda em momentos sem criatividade... você.

Então, sei que não é muito, mas você pode dizer para todo mundo que ESTE texto é para VOCÊ. É meu presente, discreto e corrido, escondido em um quarto, imortalizado, do fundo do meu coração. Obrigada por partilhar sonhos, ensinamentos, descobertas, conhecimento, brincadeiras e todo o resto comigo, me fazendo ser tudo o que sou e sei hoje.

E vamos lá, comer um delicioso pudim, após um delicioso canelone.

Para todas as minhas mães, mas especialmente a que me deu à luz... espero que ela possa perceber nossa canção nesta curta crônica.

Comente com o Facebook:

Um comentário:

  1. OH GOD EU CHOREEEEEI! Lindo, dá para sentir o amor nas palavras ^^'

    ResponderExcluir

Obrigada pela visita! Deixe um comentário dizendo o que achou! :)