Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2013

Saudade

Saudade.

Saudade de palavras. Saudade de sonhos. Saudade de segurar em uma caneta e caçar palavras para compor sonhos. Saudade de ver as palavras e sonhos de outros.

Saudade.

Saudade de ânimo. Saudade de aprender. Saudade de aprender com ânimo, todos os dias, dia após dia. De sentir paixão pelo que se aprende.

Saudade.

Saudade de acordar. Saudade de sentir. Saudade de acordar e sentir que há muito para se ver. De então ver a vida e senti-la.

Mas a maior saudade é de quando não havia cansaço. Este cansaço de tudo. E desejar que passe, e desejar que escoe. Para que então voe de volta para o que se tem saudade.

Saudade, por fim, de quando o mundo não era cansado e feio, mas sim feito... de sonhos, palavras e paixões... e do ânimo exuberante que tocava cada alma que nele habitava.

Saudades...