6 Jogos Para Curtir Com os Amigos

Existe coisa melhor do que se reunir em um fim de semana ou feriado com os amigos? Pode ter comida, risadas, diversão... E que tipo de diversão eu adoro e não é mistério para ninguém? Jogos, claro! Tem muito jogo de tabuleiro ou de cartas prontos para serem jogados por todo tipo de público e gostos, e eles vão muito além dos clássicos Banco Imobiliário e Jogo da Vida!

Conheci o universo vasto de board games não faz muito tempo, mas sempre curti jogos. Inclusive, creio que estes momentos de diversão me fazem bem demais. Tanto, que comecei a criar os meus próprios jogos para dar aula e fazer com que os alunos se sintam bem assim enquanto aprendem. Hoje trarei uma lista dos jogos que testei com amigos e que nós adoramos ter em nossas jogatinas de fim de semana, que você com certeza irá adorar e precisa testar!

Detetive

Tabuleiro do jogo Detetive
Eu precisava colocar este clássico, porque ele foi o ponto de partida para eu começar a sair com os amigos para jogar e, também, o que me inspirou em um dos primeiros games que montei para os alunos. Neste jogo, todos os participantes são detetives que precisam desvendar os culpados de um assassinato na mansão (que seria o tabuleiro). Existem diversos suspeitos e possíveis armas do crime e seu papel é entrar em cada cômodo em que a morte pode ter ocorrido e tentar desvendar o mistério! É um jogo muito bom que envolve estratégia e uma medida de blefe, além de um pouco de briga para ver quem desvenda o mistério primeiro. Hoje existem diversas versões do jogo, até com aplicativos. Detetive é para passar horas jogando uma atrás da outra!

Dobble 

Este jogo de cartas foi uma das melhores descobertas da minha vida. É um jogo com cinco mini-jogos cujo objetivo é muito simples: encontrar a figura em comum entre duas cartas e anunciá-la antes dos outros (no grito, mesmo). Como assim? Cada carta (um disquinho) tem diversas figuras aleatórias e duas cartas têm apenas uma figura em comum. As imagens vêm em tamanhos diferentes para te confundir e te fazer ter que procurar. Os mini-jogos são todos variações de como usar as cartas e este princípio para jogar; alguns deles são de agilidade, apenas, e alguns envolvem uma boa dose de sacanear os coleguinhas. Uma das noites de jogo que envolveu o Dobble nós rimos e berramos tanto que ficamos roucos. É um jogo rápido e simples, dá para levar na bolsa e é diversão na certa!

Academia 

Este é definitivamente o jogo da minha vida. Um clássico também, tenho uma versão antiga da minha família e uma, já antiga, que ganhei quando criança. Chamado de  jogo do dicionário, é para ser jogado em grupo e ter até espectadores, porque se os jogadores ficarem inspirados é risada garantida. A ideia é simples: o mestre da rodada seleciona uma palavra bizarra da língua portuguesa (todas existem, mas estão em desuso) e todos devem escrever uma definição para ela; a ideia é que sua definição seja convincente o suficiente porque, depois, todos votam na que acreditam ser a definição correta; quem acertar no voto da correta anda diversos espaços e cada voto em sua definição é um espaço a mais. Entendeu a manha? As definições mais bizarras aparecem no jogo e é maravilhoso para jogar com amigos em um feriadão ou nas festas de família!

Dixit

Tabuleiro e componentes do Dixit

Quando descobri Dixit pensei que estava vendo a versão em tabuleiro de uma música psicodélica dos Beatles. E amei. Nós amamos tanto que jogamos umas milhões de vezes desde então. Neste jogo você tem cartas com figuras completamente viajadas na maionese em suas mãos e, a cada rodada, um mestre deve definir a carta de alguma forma: canta, dança, faz mímica, diz uma palavra, faz um som... E então, todos devem escolher de sua mão uma carta que seja convincentemente relacionada ao que o mestre fez. E aí acontece uma votação, bem como no Academia, e a sua intenção é receber votos para andar. Porém, neste jogo, quando você é o mestre você precisa que alguém vote em você, mas não todos, se não você não anda. É igualmente divertido, ainda mais em ver o que as mentes criativas dos amigos pensam ao olhar uma figura sem sentido. Dixit tem diversos baralhos de expansão e tem até uma versão nova sonho de consumo, Dixit Odyssey.

When I dream

Gosta dessa coisa viajada na maionese? Então vem descobrir comigo este jogo! When I Dream apareceu na minha vida por acaso e, ainda por cima, em meu aniversário! Neste jogo, uma pessoa é o sonhador e, de olhos vendados, precisa descobrir as palavras que vão aparecendo nas cartas viradas no tabuleiro antes do tempo acabar. Como? O resto dos jogadores vão falar palavras para ajuda-lo - ou não. Cada um dos outros jogadores será um personagem que só eles saberão: Fadas, que falam palavras para ajudar o Sonhador, Bichos Papões, que falam palavras para atrapalhá-lo, e Sandman, que precisam equilibrar o jogo. Cada palavra acertada ou errada vai valer uma quantidade de pontos dependendo de seu papel na rodada e, ao final do tempo, o Sonhador precisa contar seu sonho com as palavras que acha que acertou (assim, ganha mais pontos). Nós nos divertimos demais com ele, a adrenalina para adivinhar as palavras é enorme. E o melhor: dá pra dez pessoas jogarem juntas! É o jogo para festas!

The Resistance 

O jogo oficial para gerar caos em amizades, em The Resistance você pode ser espião ou resistência para ir em missões. Resistência precisa de sucesso em suas missões, mas se um espião for infiltrado, você pode fracassar. O que gera a treta é que só os espiões sabem quem é quem e você precisa saber ler a cara de blefe dos outros para ver quem deve ou não ir na missão, para que seu time ganhe. E é aí que um acusa o outro de ser espião e começam altas discussões e, se você tem amizades fortes que sobrevivem ao jogo, corre porque ele é bom demais! 

Que jogos vocês me indicam para minha próxima jogatina com os amigos? Já conhece estes? Tem algum que se interessou? Diga nos comentários!

Comente com o Facebook:

0 Comentários