Sobre Letícia Wilhelm

Meu nome completo é gigante (Letícia Martins da Quinta Barbuy Wilhelm, um chocolate pra quem decorar e falar direito). Sou de Santos (SP) e de Dezembro de 1993. Faço Letras (Português-Inglês) e pretendo ser poliglota (estudo Italiano e outras duas línguas que acho lindas e adoraria aprender são Alemão e Russo). Faço também Web Design. Um dia serei super especialista em algo das Letras, não sei exatamente o que (linguística, literatura e idiomas me atraem, não dá assim).

Quando era criança e me perguntavam o que seria quando crescesse (principalmente quando era lição de casa desenhar o que você queria ser), eu dizia "escritora, jornalista, protetora da natureza e vegetariana". Sempre fui "protetora da natureza" (o que, mais tarde, descobri que se chamava "ativista"), há um bom tempo sou escritora e há dois anos sou vegetariana. Vamos ver no que dá o jornalismo. Dizem que a escrita e o jornalismo dentro de mim foram herdados do meu avô (jornalista e dramaturgo), e talvez seja isso, não sei. Só tomei consciência absoluta de que devia seguir isso de verdade lá por volta dos treze ou catorze anos, e logo depois criei o blog.

Amo ler. Amo demais, mais do que é saudável talvez, e a fase mais triste foi quando pararam de me dar livros porque cansaram. Ainda bem que agora retomaram o hábito (hehehe). Enfim, dos livros aprendo sobre a vida e faço parte de outros mundos, mas também absorvo algo no sentido da escrita... assim, tenho influências de alguns autores lindos, cada um em um sentido (todos amplos). Os mais inspiradores e que mudaram minha vida são JK Rowling e Markus Zusak, além de vários outros de literatura (Tolkien, Cabot, Snicket, Riordan, Collins, Orwell, Verne, Brontë, Austen, Lewis...), cronistas brasileiros (Sabino, Veríssimo, Scliar, Drummond, Rubem Braga...), e poetas diversos (Dummond novamente, Lispector, Pessoa, Florbela Espanca...).

Estou escrevendo um livro, que está realmente se desenvolvendo.
Gosto de, no tempo livre, tocar violão, comer chocolate e ver da janela a chuva caindo. 

Foto de um vídeo criado para ilustrar sonetos de Florbela Espanca.

Se você estiver se sentindo nostálgico, leia a "bio" antiga e enorme aqui.

- Leia minha primeira "entrevista"! Clique aqui para ler (a primeira é sobre "escrever", as outras entrevistas foram sendo feitas depois).
- Quer outras entrevistas minhas nada a ver com escrever? Aqui e aqui (esse tem um pouco a ver com escrever).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada pela visita! Deixe um comentário dizendo o que achou! :)